Polícia prende testemunha de rapto de activista

Coque Mukuta
Isaías Cassule, antes do seu desaparecimento em finais de Maio de 2012, em foto cedida pela sua família.

Isaías Cassule, antes do seu desaparecimento em finais de Maio de 2012, em foto cedida pela sua família.

Jovem preso estava na companhia de Isaías Cassule quando este foi raptado e desapareceu.

Foi detido na manhã desta Quarta-feira o jovem Alberto António dos Santos, que assistiu ao rapto do activista Cívico Isaías Cassule no dia 29 de Maio do ano passado quando tentava organizar uma manifestação em apoio aos ex-militares.

Cassule desapareceu juntamente com outro activista, Alves Camulingue.

A polícia diz estar a investigar o caso , mas Alberto Santos afirmou recentemente à Voz da América que nem a polícia nacional nem qualquer outro membro do executivo angolano o tinha contactado para prestar qualquer declaração sobre o alegado rapto de Isaías Cassule.

Alberto dos Santos foi hoje detido pelos elementos da Direcção de Investigação Criminal, disseram familiares.

“Os homens se apresentaram como se fossem da DNIC, algemaram e levaram-no num carro azul escuro de marca Nissan” disse José Rodrigues Baião, parente do jovem Alberto António dos Santos que testemunhou ao alegado rapto de Isaías Cassule.

A Voz da América soube do Comandante Geral da polícia Nacional Ambrósio Lemos que o Alberto António dos Santos encontra-se detido da Direcção Nacional de Investigação Criminal.

Questionado se já alguma vez o jovem Alberto António dos Santos teria recebido alguma notificação para responder a chamada das autoridades José Rodrigues Baião disse que isso nunca tinha acontecido.

Mais sobre o assunto Notícias / Angola
Voltar ao Início